Moralizando o Congresso

Repost do Blog do Milton Jung:

A dificuldade que deputados e senadores tem de reformar suas práticas no Congresso Nacional motivou o ouvinte-internauta Luiz Brandão a relacionar mudanças que deveriam ser adotadas no parlamento. São dez medidas moralizadoras, segundo ele. Deixo-as relacionadas aqui para que você acrescente suas ideias, também. Por favor, não vale pedir para fechar a Casa, pois disto já provamos e reprovamos.

1. Vender os apartamentos funcionais e o dinheiro volta ao tesouro para pagar a divida publica, muito mais barato ficar em hotel principalmente por que eles não ficam em Brasília a semana toda.

2. Os cargos relacionados com a administração desse patrimônio poderiam ser extintos.

3. Os carros deveriam ser vendidos também, eles podem andar de taxi ou carro alugado, fica mais barato, já que eles só usam 3 dias por semana.

4. Os cargos relacionados com a administração da frota de veículos poderiam ser extintos.

5. Todos os funcionários deveriam ser concursados, cada parlamentare teria direito a no máximo um funcionário de confiança sem concurso e sem relação de parentesco.

6. Os suplentes que não estão no cargo não teriam direito a nada.

7. Deputados e Senadores que forem assumir cargo político deveriam renunciar ao mandato e perder qualquer benefício.

8. O cargo de suplente deveria ser extinto, qualquer substituto deveria ser fruto de uma nova eleição.

9. Deputado e Senado pego fazendo algo errado deveria ser sumariamente suspenso sem salário até julgamento.

10. Todos os gastos do Congresso deveria estar disponíveis para fiscalização, nada pode ser bloqueado.

Comments
4 Responses to “Moralizando o Congresso”
  1. Excelentes idéias!

    11. Sessões online. Muito menos gasto com passagem aérea e se o político gosta de andar de sandália, tudo bem. Ninguém vai ver mesmo.

  2. Érico Souza says:

    pow dimais o blog! Gostei pra caramba das ideias de vocês!

  3. Matias says:

    Boas idéias,
    acrescentaria o uso de instituições de saúde e educação públicos como obrigatório para estes e seus familiares. Para comprometer se com a gestão do que é público é preciso conhecer. Nada de seguro saúde privado como querem. Tão querendo seguro saúde vitalício para senadores e familiares, lamentável. Por que será, o que eles gerem não é bom o bastante, por que? Será que não o fazem direito?

  4. Vitor Leal says:

    Concordo com você Matias. Se não me engano, o Cristovam Buarque tem um projeto no congresso que fala exatamente disso.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: